Entrevista do Brain para a Modern Drummer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Entrevista do Brain para a Modern Drummer

Mensagem  Admin em Seg Abr 13 2009, 00:26

Entrevista do Brain para a revista Modern Drummer. Quem souber inglês, não deixe de ler a entrevista.

A destacar:
Como entrou nos Guns:
- O Buckethead estava na banda e falou que o Josh tinha saído. Então ele ligava para o Brain : "porra, o Axl é gente boa demais, você deveria vir ver". Então ele foi e passou-se um tempo. Então o Brain diz que se lembra do Axl ligar e dizer: "Cara, se você quiser entrar você pode continuar a fazer os seus outros projectos, tipo tocando com o Primus e outras coisas que você quiser fazer".

Coisas memoráveis do tempo de Gravação:
- Sair por L.A com Roy Thomas Baker, dentro de seu Rolls Royce, para achar as baterias mais fixes, com objectivo de regravar as parte do Josh.
- Axl disse: "Eu gostei do que o Josh fez, então você pode fazer o mesmo nota-a-nota mas com o seu sentimento?".
- Conseguiu uma pessoa na Sony que fazia as orquestrações, ele transcreveu nota-a-nota cerca de 30 músicas e fazia 6 músicas por mês.
- Começou com a bateria no Estúdio Village, mas ele não estava satisfeito com o som e o problema não era a bateria em si.
- Ele sentia falta de uma "Vibe", então gravou as faixas num templo maçônico, na parte de cima do Estúdio Village, onde originalmente ele gravaria a bateria.
- As baterias ficaram no templo maçônico por 6 anos. Segundo ele, era Guns N' Roses, tinha que ser algo grande e diferenciado, não apenas sentar e gravar as baterias no estúdio.
- A bateria do Josh era muito preciso, e com o Brain e o templo maçônico, o som ficou mais alto, menos técnico, um pouco mais "desleixado".
- O Axl disse: "Ok, está óptimo. Agora faça à sua maneira". Então ele compôs do seu próprio jeito. O resultado final acabou sendo uma combinação de tudo isto, pois ele regravou todas as músicas num novo take misturando as parte dele com as do Josh.

Sobre diferentes Kits de Bateria no Chinese Democracy:
- Era uma constante. Madagascar usava um Tom diferenciado da DW, outra música usava caixa da DW, que dava menos eco, enfim.
- Ele tinha cerca de 40 caixas, 20 Bumbos, diversos chimbais espalhados pelo Estúdio - era Insano!
- Mas ele diz que gosta dessa inconstância, pois no disco do Tom Waits ele também era um camaleão, fazendo diferentes combinações de Bateria.

Sobre Shackler's Revenge e seu conhecidíssimo Swing:
- Sempre foi um fã de Mitch Mitchell e John Bonham.
- Brain disse que o Josh Freese é um excelente baterista. Extremamente técnico, disse que viu um show do NIN recentemente e ele acabou com o show. Diz que o Estilo dele (Brain) sempre foi de adicionar um swing, um groove diferente na bateria, e acha que foi isto que o Axl gostou mais nele.
- Shackler's é uma música que ele e Bucket compuseram há muito tempo atrás, fazendo Jams, desde o tempo do Praxis.
- Axl perguntou se alguém na banda tinha alguma idéia ou música, ou riff, etc, para apresentar, então ele e Bucket mostraram a música e o Axl amou.
- É a música que tem mais groove porque foi a música que ele mais contribuiu na composição.

Sobre o Frank Ferrer:
- Brain tinha sido pai e avisou, antes da turnê começar, que deveria sair e tal para cuidar da família.
- Trouxe o Frank Ferrer, que já tinha tocado com o Tommy e o Richard.
- Quando chegou a casa, o álbum não tinha saído ainda e estavam aparecendo inúmeras coisas para ele fazer, de estúdio. Gravar comerciais, adicionar um loops, estas coisas, que ele poderia fazer em casa e ganhar muito dinheiro, quase tanto quanto fazendo a turnê como baterista do Guns N' Roses.
- Quando saiu, era pra ser apenas 2 semanas, e depois 1 mês, e depois 3 meses, porque ele estava com muitas ofertas de estúdio, que poderia fazer sem sair de perto da família.
- Chegou para o Frank e perguntou se ele não queria ficar mais um tempo, já que ele (Brain) estava atolado de trabalho de estúdio e o Guns tava adorando o trabalho do Frank. Frank ficou muito feliz e disse que estava se divertindo bastante.
- Ninguém na banda estava a reclamar, apesar de ficarem com aquele sentimento: "Ei, você vai realmente voltar um dia?". O Brain então respondeu: "Sim, claro, veremos o que acontece. Mas deixemos o Frank fazer no momento"
- Frank é um cara mais Rock N' Roll, com um estilo parecido com o do Adler. Chimbal aberto, viradas e tocar o mais forte que puder, etc.

Sobre "Better":
- Axl chegou e disse: "Frank toca deste jeito o refrão, vamos pô-lo no estúdio e ver como fica".
- Brain toca os versos, então entra o Frank no refrão e volta para o Brain.
- Brain e Frank nunca tocaram juntos em estúdio.
- Foi uma música feita pela banda inteira, após a saída do Josh. É uma música do Finck. A banda tocou-a durante semanas, e então resolveu gravá-la. Então a parte do refrão provavelmente foi composta pelo Brain, durante as Jams, mas como o Frank a tocou de maneira mais bombástica, ficou registrado em estúdio a refrão do Frank.

Sobre "Scraped":
- É uma música do Buckethead
- É uma música que o Brain acompanha o baixo, e não a guitarra.
- Ele toca assim (sem acompanhar a guitarra), pois tem um bom relacionamento com o Buckethead - tocam juntos há 20 anos -, então quando Bucket trouxe o riff, ele já sabia o que fazer.

Sobre "Madagascar:
- Foi a primeira música que tocaram no Templo.
- Ele compôs o Loop da música no MPC (bateria eletrônica).
- Tem uma influência de John Bonham.
- Tirou o "Baffle" da bateria durante a parte das Falas do Solo de Guitarra, pois queria um destaque nesta parte.
- É uma música que simboliza o estilo dele e ele adora tocar deste assim.

Sobre Axl Rose:
- Extremamente democrático, sempre a pedir a contribuição de todos.
- A palavra final é dele, mas ele aproveita as idéias de todos e modela à sua maneira para soar "Guns N' Roses".
- Brain conta que Axl o chamou devido à sua influência moderna, não apenas restrita ao Rock N' Roll.

E o mais importante: Espera estar na estrada já no verão (norte-americano) com os Guns N' Roses, para promover o Chinese Democracy.


Fonte: http://Gypsy Soul - Fórum HTGTH e Modern Drummer

Grande entrevista, e que dá mais uma vez esperanças numa touné. Vamos ver Wink
avatar
Admin
Admin

Feminino Número de Mensagens : 762
Idade : 43
Data de inscrição : 09/04/2008

http://guns-portugal.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista do Brain para a Modern Drummer

Mensagem  NINA em Sex Abr 17 2009, 21:17

pois!Assistir outro show do Guns?nao!seria felicidade demais pra me!nao sei s meu coracaozinho aguenta ver o Axl outra vez!mas q venha os ataques cardiacos,desde q eu fique viva ate o fim do show,e ja agora tenciono viver um pouco + p voltar a ver o Axl outra vez,e + outra e outra...obrigado god!
avatar
NINA
Paradise city

Feminino Número de Mensagens : 114
Idade : 40
Localização : Evora_portugal
Data de inscrição : 17/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum